MOVIMENTOS DE APROPRIAÇÃO DO IDEB NA GESTÃO ESCOLAR EM DUAS ESCOLAS DA REDE PÚBLICA ESTADUAL DE PORTO ALEGRE

Padrão

Memória do Segundo dia do I Ciclo de Compartilhamento de Estudos sobre Educação

Data: 04 de Agosto de 2015
Tivemos a fala da Prof. Janaina Audino, que com muita propriedade abordou o sistema nacional de avaliação de qualidade e pesquisas que ela realizou.
Estavam presentes:
Simone Regina Vargas do Nascimento, ,Jane Rosalva dos Santos Siqueira,Juliane Prado Moreira,Josefa de Holanda Cavalcanti,Gabriel Nunes,Vivian Missagila, Ettiene Leite Sipp,Ilsa Solka de Lemos,Rosali Cunha Thomas,Emerson Tunes, Salete Marlene Garcia dos Santos,Luciano Mattos, Ediles Fonfonka Pairé,Gabriela Veríssimo,Álvaro Oscar Tavares,Caroline Bessestil,Patrícia Santos da Silveira,Josiara DeBastiani,Cledi Hilgert, Raquel Chiele.
Foram momentos muito ricos de troca com os professores e acadêmicos presentes que compartilharam suas vivências.
Ficou claro que é preciso olhar o resultado do IDEB sabendo do que ele é composto e que a gestão escolar é imprescindível para essas análises para tomada de decisão e comunicação dos resultados.
Saiba mais da pesquisa da Profa. Jainana Audino:

MOVIMENTOS DE APROPRIAÇÃO DO IDEB NA GESTÃO ESCOLAR EM DUAS ESCOLAS DA REDE PÚBLICA ESTADUAL DE PORTO ALEGRE

Resumo:

Este estudo tem como objetivo compreender como as equipes diretivas de duas escolas da rede pública estadual de Porto Alegre se apropriam dos resultados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e como lidam com eles na gestão escolar. A metodologia utilizada é de cunho qualitativo, com coleta de dados, através de um questionário estruturado. Apresenta os resultados do Ideb das duas escolas estudadas, no período (2009-2011), e descreve como esses resultados são apropriados pelas equipes diretivas, a partir de três níveis de diálogo. O primeiro, “dialogando com a hierarquia do sistema educacional”; o segundo, “dialogando internamente: equipe diretiva” e o terceiro, “dialogando com a comunidade escolar”. Os diferentes movimentos de apropriação do Ideb estão categorizados em dimensões chaves da gestão escolar: a pedagógica, a administrativa e a participativa. Discute-se a definição de uma educação de qualidade, considerando os diferentes pontos de vista das equipes diretivas, pois o Ideb, na atual situação da realidade educacional brasileira, mede a qualidade do ensino nas escolas públicas. Os achados deste estudo resultaram num instrumento, como um primeiro ensaio, que poderá inspirar outras pesquisas na discussão e compreensão da política no contexto da prática (BALL, 1994).
Janaina Audino em ação!
Projeto e Resenha de:
Jalusa Biasi Galant
Me.Em Gestão Educacional
Coordenadora da Área de Pós-Graduação e Extensão
Pólo Uninter-Porto Alegre Centro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s